Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

Que promessas Sócrates cumpriu?

Posted by Vitor Oliveira em Maio 21, 2008

É incrivel as promessas que alem de não serem cumpridas viram o seu rumo ser totalmente invertido.

Vodpod videos no longer available. from www.youtube.com posted with vodpod

Anúncios

6 Respostas to “Que promessas Sócrates cumpriu?”

  1. Vitor Oliveira said

    Palavras para quê? Não existe defesa possivel. É incrivel a lata com que se mente e aldraba sabendo que a conversa está a ser registada. Parabéns a este senhor pela coragem.

  2. ana said

    esta muito explicito a trampa que o PS veio fazer para o governo, o socrates nao presta.

  3. veto11 said

    https://sefosseprimeiroministro.wordpress.com/2008/05/21/portugal-crise-de-politicos/

  4. Sabido said

    huuummm… bem… não queria ser do contra… mas…
    não nos podemos esquecer das coisas boas que fizeram (apesar de muito poucas). O video deve ter sido feito para alguma campanha de algum partido da oposição porque realmente não só foca como enaltece os erros e as falhas do governo.

    Apesar de não ser da cor política que actualmente governa e de não gostar de muitas da medidas tomadas, penso que só havia um caminho para combater o défice que o país apresentava. Caminho esse que tinha que ser palmilhado independentemente do partido governante. Este caminho começou com essa grande senhora Manuela Ferreira Leite que ficou com a sua imagem (e numa só palavra) “queimada” por ter começado a seguir este “caminho”. A subida dos impostos era inevitável com as contas públicas no estado em que estavam. Corriamos o risco de nos serem retirados fundos comunitários e ainda teríamos de pagar multas à união europeia pelo estado das contas. Por isso, dou a mão á palmatória e compreendo que era o único caminho. Podem dizer que outras medidas poderiam ser tomadas… mas não concordo que tivessem um resultado tão urgente como o que Portugal precisava.

    Quanto aos 150.000 postos de trabalho… a oposição que atira esse argumento ao estado pura e simplesmente não pensa… penso que o estado tem a obrigação de criar condições para a criação e proliferação de empresas que se auto-sustentem e que consigam crescer e obter rentabilidades. Ora, os senhores que atiram esses números ao governo querem que o governo crie postos de trabalho directos no estado… ou seja, incorríamos no erro de acontecer o que aconteceu no tempo da ditadura e depois durante o estado novo e posteriormente depois do 25 de Abril, época na qual foi criada a ilusão e o mito de que “um emprego no estado é um bom emprego! Bem pago, com muitas regalias e certo ao fim do mês!” independentemente do desempenho da pessoa nesse mesmo trabalho. Chegou-se ao cúmulo de as pessoas quererem arranjar “empregos” e não “trabalho”, tendo até sido criado uma expressão popular: “Empregos há poucos, mas trabalho há muito!”.

    Apesar de não concordar com muita coisa que o governo fez, nestes dois pontos estou de acordo com as medidas tomadas.
    No entanto, e após a estabilização das contas públicas, penso que se deve começar a ponderar um plano de redução de impostos e taxas sobre empresas de forma a fomentar a proliferação das empresas no nosso país de forma a criarmos riqueza, porque realmente, “em casa que não há pão todos ralham e nínguem tem razão.”

    by Sabido

  5. graça damas said

    A culpa disto tudo ,não seria do PSD que o Durão Barroso deixou, quando abandonou o barco para se juntar aos grandes da comunidade europeia!
    Agora a culpa é do Sócrates?
    Que culpa tem ele dos erros dos outros.
    Os que o criticam tanto, vão para lá, e depois vamos ver o que fazem.
    Deixem trabalhar, alguém tem que o fazer, seja lá que partido for.
    A responsabilidade é de todos nós, certO?

  6. Vitor Oliveira said

    Não, por mim, está errado….

    Eu não tenho de assumir a responsabilidade do PM mentir, de não cumprir o que promete. Mais ainda, não tenho responsabilidade se o PM decidiu enviar a GNR enquanto se organizava uma manif., do PM despedir um professor porque fez uma graça a seu respeito, do PM DOAR 180 mil milhões ao bpn, do PM ter, entre 1980/1985 elaborado dos piores projectos que ja vi, e de PM estar envolvido, não digo culpado, no processo freeport….

    como vê são coisas feitas por um só e não me parecesse que eu, ou qualquer outro Português, tenha culpa, vontade ou espirito de sacrifício suficiente para assumir as responsabilidades….

    Quanto a Durão Barroso, embora eu não tivesse feito o mesmo, respeito. Foi chamado para algo maior, o projecto europeu não existiria sem pessoas que largassem tudo por ele. Mas repito, eu não o faria. Acredito que apesar de Portugal não o reconhecer na altura como um bom político e de ser um apelo mais forte, um compromisso é para levar ate ao fim.

    Mas muitos que criticam teriam feito o mesmo….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: