Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

“Corredor do Poder”

Posted by Vitor Oliveira em Junho 5, 2008

Nuno Melo apresentou um facto digno de registo no programa o corredor do poder. O primeiro-ministro José Sócrates em 2005, ainda enquanto secretário-geral do PS, defendeu, num comício, que uma taxa de desemprego de 7.1% só era justificável num governo com uma política socioeconómica mal estruturada.

Alguns factos:

Em 2005 as pessoas que frequentavam cursos de formação profissional tinham o estatuto de desempregadas;

A taxa de emigração cresceu face a 2005;

O número de desempregados cresceu;

Queira o primeiro-ministro classificar, ou reclassificar, um governo que consegue aumentar a taxa de desemprego, diminuir o crescimento económico, aumentar a precariedade laboral, etc. Uma última nota: parece-me estranha e algo totalitarista a atitude do governo em fechar, mais uma vez, os olhos a nova “mega manifestação”, desta vez sobre a nova lei laboral.

Vitor Oliveira

Anúncios

Uma resposta to ““Corredor do Poder””

  1. renato said

    Devia arranjar se forma de informaçoes como estas chegarem a tds…os portugueses precisam de um abre olhos e os senhores intocaveis( porque eles nunca saem prejudicados) do governo tambem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: