Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

PS só aposta depois de vencer!

Posted by Vitor Oliveira em Março 24, 2009

Afinal haverá consenso político quanto à escolha do novo provedor de Justiça. Uma anuência obrigatória pois o PS, ainda em clima de caturrice, garantiu que “Sem garantia segura de aprovação o nome de Jorge Miranda não vai a votos”. Ou seja o nome do catedrático só será apresentado à assembleia após uma concertação política que assegure dois terços dos votos. Afinal as declarações de Nascimento Rodrigues, ex-provedor de Justiça, tiveram impacto junto dos socialistas.

Acho bem que exista unanimidade num cargo tão importante para o país. Ao contrário de outros provedores, tal como o provedor do Trabalho Temporário, Vitalino Canas, que além de acumular cargos de forma inconstitucional ainda não percebi para que serve, o provedor de Justiça assumiu bastante importância para os Portugueses.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: