Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

Processo Casa Pia (II)

Posted by Vitor Oliveira em Setembro 5, 2010

Cinco anos e dez meses depois do início, o processo Casa Pia chegou ao fim da primeira etapa. Restam seis anos para avaliar os recursos legalmente possíveis sem que ocorra a prescrição do processo. Todos os arguidos foram considerados culpados, a única excepção foi a de Gertrudes Nunes.
Alguns números: 66.000 páginas; 581 anexos; 273 volumes; 461 audiências; 7 arguidos; 2.371 gravações.

As frases que ficam:
“O tribunal não permitiu a minha defesa, se o tribunal condenar é porque agiu de má-fé”. Ferreira Dinis

“Não entendo a pura lógica dos argumentos”. (Comparando a diferente apreciação dos argumentos da defesa. A qual resultou no afastamento de Paulo Pedroso do processo.)Hugo Marçal

“Este processo ou ardia à nascença ou teria de ser um processo exemplar. A ideia que se retira daqui é que pedofilia é permitida em Portugal”.

“É triste viver num país com esta Justiça”. Hugo Marçal, Advogado

“Não é o fim do jogo mas, para mim, hoje é determinante”. Catalina Pestana

“Estou completamente confiante de que a Justiça será feita”. Ferreira Dinis

“O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, mas sim por aquelas que permitem a maldade”. Albert Einstein

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: