Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

Posts Tagged ‘coligação’

“O CDS quer ser o quê?”

Posted by Vitor Oliveira em Julho 28, 2010

O CDS quer ser o quê? O CDS, no meu entender, não quer ser nada: já é! Quem tem mais interesse na coligação da direita? 1. Com o actual panorama político é necessário a continuação de políticas austeras e pouco consensuais. Estas medidas nunca apelam ao voto, não são medidas populistas como tal provocam a perda de votos. Votos esses que, na sua maioria, serão conquistados pelo partido ideologicamente mais próximo daquele que constitui governo. Resumindo: neste panorama político e com o PSD no governo o CDS ganhará votos. 2. O PSD encontrou a estabilidade aparente depois de um período bastante atribulado, mas as adversidades ainda não chegaram. Só nessa altura as birras internas irão renascer, agradará por isso ao líder social-democrata possuir fortes aliados políticos.

Assim como Paulo Portas tentou unir os três maiores partidos Portugueses num Governo sem Sócrates, acredito que este tema, por enquanto, seja mais um faits divers. Não se trata de política, muito menos de algo sério. Especulações no sentido de chamar a atenção e conhecer a opinião dos eleitores, ou então de marcar presença. Espero que não seja o segundo caso, existem formas mais úteis, para todos nós, de mostrar trabalho.

“É de suprema importância atacar a estratégia do inimigo.” Sun Tzu

Anúncios

Posted in Política | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

O Governo de Sócrates

Posted by Vitor Oliveira em Outubro 15, 2009

José Sócrates vai liderar sozinho, melhor, com um Governo totalmente da sua autoria, que temo que vá dar ao mesmo. Mas, pelos vistos, não era isto que o secretário-geral do PS pretendia. Pelo menos, foi o que depreendi das suas palavras: “Perguntei-lhes se estavam dispostos a iniciar COMIGO um diálogo político”, mas “Nenhum dos outros partidos políticos está disponível para o diálogo rumo à estabilidade política”. ”. É bom poder apreciar alguma humildade no Eng.º Sócrates, cheguei até a sentir algum sentido de estado durante a entrevista, possivelmente foi uma interpretação nefasta, mas gostei da sensação.

Foi impressão minha ou o líder socialista deu a entender que Portugal só obteria estabilidade política se houvesse essa coligação (de interesses)? Ainda bem que não surgiu. Penso que o poder em demasia confunde José Sócrates. No entanto, fiquei com a dúvida, talvez pelo passado recente: seria a estabilidade, no entender do nosso Primeiro-Ministro, proporcional ao número de intervenientes no cartel? A ideia é estranha.

Posted in Política | Com as etiquetas : , , , | 2 Comments »