Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

Posts Tagged ‘eleições’

Espinho: Vergonha Democrática

Posted by Vitor Oliveira em Outubro 20, 2009

O PS Espinho anunciou hoje que recorreu para o Tribunal Constitucional (TC) ”. O objectivo dos Socialistas é que o TC declare nulidade relativamente ao processo eleitoral. Entre outros argumentos, apresentados pelo PS Espinho, saliento os seguintes:

Numa das mesas de voto havia 637 boletins para 467 votantes. (Com estes números só por má vontade é que alguém pode afirmar que os Portugueses não participam o suficiente nas eleições);
-Na freguesia de Silvalde o PSD começou por ganhar com 299 votos, este foi um grande resultado eleitoral, pelo menos no inicio. Depois houve nova contagem e o partido só ganhou com 289 votos, o que traduz uma vantagem de um voto face ao PS, partido este que defende um empate, já que entende que um dos votos foi mal anulado.
Falando em votos anulados, estranho não o terem sido votos com inscrições com “Mandem o Mota para o Brasil” e “o IMI está muito alto”.

Se confirmado, é vergonhoso que se assista a este tipo de casos. Não importa a dimensão da vigarice, do município nem sequer o número dos eleitores. Interessa apenas o facto de estarmos num país considerado desenvolvido, um país livre de regimes não democráticos há mais de trinta anos e mesmo assim haver quem tente contornar a democracia. O que é vergonhoso por si só, independentemente da escala a que se verifique.

Anúncios

Posted in blog, Política | Com as etiquetas : , , , , , | Leave a Comment »

E agora, como se vai governar Portugal?

Posted by Vitor Oliveira em Setembro 28, 2009

Terminado o acto eleitoral e conhecidos que estão os resultados, cesso o interregno a que submeti o blogue. Fiquei surpreendido com os resultados. Esperava a derrota do PSD, também a derrota do PS, no fundo esperava a derrota de toda a classe política, e de todo o sistema político democrático nacional.

(Que se desengane quem leu nas minhas palavras alguém que defende uma ditadura, longe disso. Defendo um sistema realmente democrático, onde eu como eleitor, e um pouco à imagem dos EUA, possa escolher para lá do partido vencedor, o candidato que melhor satisfaz as ideologias de cada partido. E quais seriam os meus candidatos? Seriam os seguintes: PS- Manuel Alegre, PSD- Pedro Passos Coelho, CDS- Paulo Portas, BE- Francisco Louçã, CDU- Carlos Carvalhas, PNR, bem neste ultimo caso, acho que democraticamente, e para bem da democracia censurava o partido.)

Derrotado que foi o PSD, apesar de a líder ter tentado atenuar os resultados, o que afinal é compreensível, tão perto das autarcas não faz falta o pessimismo, e vencedor que foi o PS, resta a segurança de que o PS não conseguirá garantir uma maioria parlamentar de esquerda. Será necessária a contribuição do CDS. Ainda bem, ainda existem jovens que querem “empresas, postos de trabalho, casar, ter casa e constituir família”.

Vitor Oliveira

Posted in Política | Com as etiquetas : , , , , , | 1 Comment »

A verdade: não há avanço!

Posted by Vitor Oliveira em Setembro 19, 2009

Pensei fazer um interregno, esperava não voltar à crítica antes do início do mês de Outubro. Não queria assumir responsabilidades na decisão. Continuo com a mesma vontade, como tal, nem PS, nem PSD vão ter o prazer, melhor, a infelicidade, de contar com o meu voto. Acredito que nenhum dos partidos quer ser eleito, muito menos com maioria absoluta. Portugal está carcomido. A política portuguesa está corroída até às entranhas.

Não consigo reeleger um Governo que não informa o povo sobre a dívida externa a que o país está submetido, que manipula tudo e todos, assim como não considero digno de ponderação, sequer, um voto num partido com um programa eleitoral vago, que não conseguiu fazer oposição, sobretudo quando esta era crucial.

José Sócrates diz que tem medo do regresso ao passado. Mas era bom que o passado voltasse, sobretudo os ideais que Sócrates defendia enquanto líder da oposição. Com uma oposição como o PSD, com a primeira maioria absoluta, com o maior mandato de sempre, o Governo tinha de ter feito mais e melhor. Manuela Ferreira Leite não diz nada, inventa aparições e ilude as pessoas, enquanto espera atentamente a autodestruição de Sócrates.

É necessário dar credibilidade aos tribunais, ao sistema de saúde, às escolas, e não é com estes protagonistas que o panorama político vai melhorar. Urge uma alteração de fundo. Não podemos continuar com bases democráticas débeis, disfuncionais e arcaicas. Muito menos pintar um país que não existe, escondendo as dívidas e transformando o TGV e o aeroporto numa prioridade nacional. Pior que isto, é a actuação permissiva do “principal” partido de oposição!

Vitor Oliveira

Posted in Política | Com as etiquetas : , , , , , | Leave a Comment »

Medidas II (Homossexualidade)

Posted by Vitor Oliveira em Março 4, 2009

O casamento entre pessoas do mesmo sexo tem sido controverso e bastante polémico. Sinceramente, não compreendo o motivo. Partindo do princípio que estamos num país livre, é lógico que cada um possa escolher aspectos tão banais como a pessoa com a qual se pretende casar ou viver em união de facto. O que leva o Primeiro-Ministro a realizar campanha sobre o tema e qual o motivo de ser o novo Zapatero na conquista de votos é que me deixa algo apreensivo. Lógico será realizar um Decreto-lei e enterrar a polémica! Numa altura de crise o Primeiro-Ministro procura a reeleição através de campanhas de ilusão com temas que na sua essência não o são.

Quanto ao papel da Igreja neste tema considero que deve ser bastante discreto. Partindo do princípio que o estado português é laico. Isto é, um estado cujos valores principais são a liberdade de consciência e a igualdade entre cidadãos em matéria religiosa. (Apesar de não concordar com um estado laico em Portugal, pois devemos muito enquanto País e colónias á religião.)
Não considero que a Igreja deva continuar a impor a sua posição, muito menos compreendo como é possível uma religião que tem como base princípios tais como a tolerância e o diálogo, ser tão retrógrada ao ponto de repudiar e censurar temas como o casamento entre pessoas do mesmo sexo, contracepção e casamentos entre muçulmanos e católicos. Compreendo, e acho proveitosa, a necessidade da Igreja em defender uma sociedade de valores, mas não se confunda Liberdade com valores, muito menos defesa de opinião com imposição.

Vitor Oliveira

Posted in Política, Sociedade | Com as etiquetas : , , , , , , , | 2 Comments »

Transparência na AP

Posted by Vitor Oliveira em Janeiro 15, 2009

No mínimo chocante. Mas infelizmente é bem mais do que isso. Começo a ficar farto dos políticos deste país, enganam, roubam, intrujam, fazem tudo o que lhes apetece e todos assistem a este cenário de forma impávida e serena. Como se não fosse suficiente ainda podemos ter acesso aos mais descabidos e embaraçosos roubos perpetrados por estes senhores.

 

No sitio intitulado “Transparência na AP”, podemos consultar, sob a forma de pesquisa, as mais estúpidas compras, ou roubos. Depende apenas se o ponto de vista é o dos compadrios entre entidades Adjudicadas/Adjudicante, ou o bolso dos portugueses.

 

 Por exemplo, pesquisando “Vale de Cambra”, ficamos a saber que a compra de uma viatura de 16 lugares para o transporte de crianças custou a câmara municipal 2.922.000,00 €. Se acha o preço exagerado o que dizer do preço de um ligeiro de mercadorias, comprado pela câmara á mesma entidade por 1.236.000,00 €. Provavelmente nestes preços está incluído as despesas em carros de luxo para as deslocações do presidente da câmara.

 

Pesquisando fotocopiadora, ficamos a saber que o município de Beja adquiriu uma fotocopiadora por 6.572.980,00 €. O modelo no site oficial da marca não ultrapassa os 5 últimos dígitos do número pelo qual foi adquirida.

 

Como podem estes senhores exigir respeito? Que credibilidade esperam eles que lhes seja atribuída? O lugar de quem rouba e burla não é na politica….

Posted in blog, Política | Com as etiquetas : , , , , , | 4 Comments »

Estatutos para quê?

Posted by Vitor Oliveira em Abril 28, 2008

Qual a legitimidade e a mais-valia de um estatuto? O PSD em plena crise viola, ao que tudo leva a crer, o 67º artigo dos seus estatutos. Mera distracção ou desespero?

Vitor Oliveira

Posted in Leis, Política | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Jardim…

Posted by Vitor Oliveira em Abril 27, 2008

Alberto João Jardim pondera entrar na corrida à presidência do PSD. Um homem que lutava pela independência da Madeira deseja agora ser presidente do partido. Incoerência? Para avançar basta que todos os que estão “metidos num saco de gato de candidaturas e não merecem sequer qualquer respeito” o apoiem na luta contra Manuela Ferreira Leite. Criticar os candidatos não é o caminho para angariar votos. Alberto João tem a coragem de confiar em pessoas que segundo ele estão metidas no dito saco. Talvez seja um tiro no pé. Eu não conseguiria ir à luta acompanhado por alguém que tão vigorosamente critico. Parabéns pela coragem!

 Jardim nada trará de novo ao partido. A última coisa que o PSD necessita é de voltar a ter um rei do forrobodó como presidente. Após constantes críticas a tudo e a todos no continente; após brincar com o eleitorado madeirense ao renunciar ao cargo, convocar eleições e se recandidatar, é preciso ter lata para pôr a hipótese de concorrer à liderança do PSD. Um político que tem como principal objectivo vitória em eleições não faz falta. Não são necessários políticos de umbigo. O país precisa de políticos de obra, homens de luta, que tenham como principal objectivo o bem do país e dos portugueses.

Vitor Oliveira

Posted in Política | Com as etiquetas : , , | 1 Comment »