Se eu fosse Primeiro-Ministro

a opinião tem uma origem

Posts Tagged ‘Manuel Alegre’

Recandidatura de Cavaco Silva

Posted by Vitor Oliveira em Outubro 26, 2010

Será apresentada hoje a recandidatura de Cavaco Silva ao cargo de Presidente da República, a apresentação será no mesmo local que o actual Presidente da República utilizou há cinco anos. Os mandatários deverão ser maioritariamente os mesmos, dos quais destaco Medina Carreira. Como nada acontece por acaso, muito menos no mundo político, António Lobo Xavier, ex-dirigente do CDS, será o mandatário pelo Porto. É de concluir que na reunião do Conselho Nacional do CDS, a decorrer amanhã, se avance para um apoio à recandidatura de Cavaco Silva. Com esta (hipotética) decisão fica de parte uma segunda candidatura de direita. Algo que lamento. Não obstante do apoio ao actual presidente, o poder de escolha em todos os espectros políticos seria um apelo ao voto e um passo para o engrandecimento político.

Creio que Cavaco Silva irá vencer as presidenciais. Algo que será, face ao cenário actual, desejável. Por um lado não terá a pressão do agrado as massas na hora de decidir, vetar e/ou intervir, uma vez que uma segunda recandidatura não é permitida. Por outro, não existe uma real oposição. Ao contrário do que se passou há cinco anos Manuel Alegre não tem sido construtivo. Será por falta de um candidato de uma facção política semelhante? Espero para ver o que mudará na “campanha” de Manuel Alegre e quais as ideias defendidas por Fernando Nobre.

“Seria estranho num país em que toda a gente – responsáveis – mente, e que não se retrata, passasse a ser quem alerta para as verdades que tivesse que se retratar”, Manuela Ferreira Leite. (A frase foi escolhida para credibilizar e simplificar a interpretação da política nacional.)

Anúncios

Posted in Política | Com as etiquetas : , , , , , , | 1 Comment »

Manuel Alegre, o candidato

Posted by Vitor Oliveira em Junho 26, 2010

Manuel Alegre iniciou a pré-campanha para as eleições presidenciais, confesso que fiquei desiludido com o discurso do candidato socialista.

Manuel Alegre criticou, criticou mais uma vez e voltou a criticar o realismo de Cavaco Silva. Afirmou que, “um Presidente da República não pode nunca dizer que Portugal vive uma situação insustentável, porque isso cria dificuldades ao próprio país”. Disse ainda, que “foi durante o consulado do então primeiro-ministro Cavaco Silva que se investiu muito mais no betão do que nas pessoas e que o endividamento cresceu, nessa altura, cerca de dez por cento.”

(Qual a aposta que o governo faz nas pessoas? De certeza que não é fechando escolas e obrigando alguns alunos a percorrer diariamente mais de 50km para ter direito à educação.)

Vou repetir uma frase de Manuel Alegre “é preciso ter uma visão do país que não confunda Portugal apenas com um manual de finanças”.

Posted in Media, Política | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

“Não estou à espera de nada, estou atento!”

Posted by Vitor Oliveira em Junho 6, 2008

“Não estou à espera de nada, estou atento!”

                Esta frase pronunciada por Manuel Alegre diz muito sobre o actual panorama político. Alegre defendeu, mais uma vez, a classe média, está contra os exageros do governo e deixa a porta aberta relativamente á criação de um novo partido.

                Uma das principais figuras do PS opõe-se desta forma ao partido. Não concordo que esteja a fazer oposição interna ou a agir por interesse. Ao invés, tem provado ser um verdadeiro político e um verdadeiro socialista. É assombrosa a forma como cada vez mais portugueses se unem na contestação ao governo. Um governo despótico e filantropo não merece melhor consideração. Tambem por aqui se vê que Manuel Alegre “está atento”.

                Organiza uma contestação interna provando, mais uma vez, que o seu principal objectivo é o bem-estar dos portugueses. Esta atitude melhora substancialmente os seus horizontes políticos. Após uma “histórica” classificação nas presidências, acredito que Alegre vai tentar algo mais. Quiçá se a motivação de Alegre não está no primeiro-ministro totalitarista e na dama de ferro contrariada e desmotivada que lidera uma oposição cinzenta.

“…isto é totalitarismo!”, Manuel Alegre referindo-se a algumas medidas governamentais que têm desprezado a classe média e algumas tradições portuguesas. Esta frase mostra como é grande a revolta contida pelo deputado socialista. Não acho atilado que os restantes deputados socialistas, preocupados com futuros “tachos” e compadrios políticos, tentem arguir Alegre. É sabido a posição dos estudantes, classe média e portugueses face a este deputado socialista.

Vitor Oliveira

Posted in Política | Com as etiquetas : , , | 2 Comments »